Unable to create /modules/mod_novasfh/engine/sfh_70.xml configuration file.
Click here for more information.
Please update your Flash Player to view content.
Home

diretoriaA Chapa 1, encabeçada pelo professor Jari Rosa de Oliveira, foi eleita pelos associados do Sindicato dos Professores Municipais de Canoas (Sinprocan) para a gestão 2012-2014. As eleições ocorreram na terça-feira, dia 22 de novembro, entre as 8 e 20 horas.É a sexta vez que Jari vai presidir a entidade, que tem 18 anos. Ele esteve à frente da diretoria provisória, quando o Sindicato foi fundado, e foi eleito pelo voto direto dos associados nas outras cinco vezes. As eleições do Sinprocan ocorreram sem problemas, com seis urnas fixas e seis volantes que cobriram as 42 escolas de Ensino Fundamental e 31 de Ensino Infantil. Votaram 695 dos 970 associados aptos, com abstenção de 28,35%. A Chapa 1 recebeu 349 votos, enquanto 327 professores optaram pela Chapa 2, liderada por Rogério Borba da Silva. “Ficamos contentes de ter o apoio da categoria para seguir o trabalho realizado, e aceitamos as críticas construtivas recebidas dos colegas para melhorar o trabalho do nosso Sindicato e a vida do Magistério canoense. A Democracia mais uma vez foi exaltada em um processo transparente e limpo. Agradecemos a confiança de todos, mais uma vez”, disse Jari.O presidente da entidade salientou, ainda, que esta disputa acirrada é normal no histórico da entidade, mas que demonstra que uma parcela grande da categoria está insatisfeita e precisa ser melhor ouvida. “Em todas as vezes que tiveram duas chapas disputando o Sindicato, foi disputado, com pouca diferença de votos”, disse. O Sinprocan chega aos seus 18 anos com muitas reivindicações em pauta, destacando-se a busca por melhorias no Plano de Carreira que entrou em vigor este ano em Canoas e a adoção do Piso Nacional do Magistério imediatamente, além de diversas outras ações políticas e judiciais.

Última atualização (Seg, 19 de Dezembro de 2011 23:14)

Leia mais...

 

dia-do-professor-lousaNós, professores, sabemos que não existe dia específico para o professor. Não existe sequer separação do horário de trabalho do restante da vida. Ser educador é um ato contínuo, não tem início nem fim. Desde que acorda até a hora de dormir,o professor trabalha incansavelmente para construir uma sociedade mais justa e próspera.

É o maior agente do desenvolvimento social, o maior trabalhador da democratização da sociedade.
Embora quase nunca a sociedade valorize o professor como deveria, ele ainda reúne forças dentro de si para continuar a trabalhar por ela. Faz parte da essência do educador não desistir de algo nem de alguém, mesmo que este já o tenha feito.
Como são muitas as dificuldades encontradas, nosso Sindicato segue lutando fortemente pela melhoria da qualidade de vida dos educadores canoenses. Quando as negociações
nas esferas administrativa e política se esgotam, elevamos o tom da conversa e vamos ao Judiciário exigir que a lei seja cumprida.

É o que acontece agora. O Sinprocan ingressou na Justiça exigindo que o Município cumpra a Lei do Piso, e defende que este fique em R$ 1.514,93 para o magistério e R$ 2.272,39 para graduados. Esses valores devem corresponder ao vencimento básico de todos os professores, e partir dele o novo Plano de Carreira deve ser aplicado. É o que diz a Lei, e exigimos o seu cumprimento JÁ!

Professor Jari Rosa de Oliveira
Presidente do Sinprocan

Última atualização (Seg, 19 de Dezembro de 2011 23:14)

Leia mais...

 

Queremos sua opinião As páginas de A Voz do Professor são veículo para a opinião dos professores canoenses. Use-as! Para participar, envie
texto com cerca de 2.000 caracteres com espaços, em média. Os assuntos são de escolha do autor, assim como a responsabilidade pelo teor do texto. Fique atento para o prazo de fechamento da próxima edição: 25 de outubro!

Última atualização (Seg, 19 de Dezembro de 2011 23:15)

Leia mais...

 

noticias escolaresEnvie para o e-mail Este endereço de e-mail está protegido contra spambots. Você deve habilitar o JavaScript para visualizá-lo. . br uma foto da atividade realizada em sua escola, que retrate de maneira ampla e fiel o que aconteceu. A foto deve estar com boa resolução e nitidez. Precisamos, ainda, que você envie um pequeno texto contendo as principais informações, como citamos abaixo:
- O QUÊ?  QUANDO?  COMO?  POR QUÊ?  ONDE?

Última atualização (Seg, 19 de Dezembro de 2011 23:14)

Leia mais...